recertificado

Recertificação de gestão ambiental da LATAM Cargo em Miami

As operações terrestres em Miami da LATAM Cargo são certificadas ISO 14001 no nível internacional por 3 anos, graças ao seu sistema de gestão ambiental (SGA). Este SGA define para as operações de carga e manutenção e funções administrativas, procedimentos e padrões projetados para minimizar impactos no meio ambiente e gerir a pegada de carbono.

Neste mês de Setembro estas operações foram recertificadas com sucesso de acordo com o novo padrão ISO14001:2015. Em comparação com a versão anterior, este novo padrão requer maior gestão de riscos e reforça a relevância da responsabilidade dos líderes em todas as etapas do sistema, incluindo estratégico, planejamento e monitoramento.

A realização desta certificação prova que o nosso sistema de gestão ambiental previne poluição, reduz  o impacto ambiental das operações diárias e ao mesmo tempo, permite maior eficiência.

“Esta recertificação é uma conquista muito importante para a LATAM Cargo. Ainda mais porque foi conseguido seguindo um padrão mais exigente do que o anterior e confirmando que o nossa gestão ambiental é de classe mundial. Administrar de maneira eficaz os impactos actuais e potenciais da nossa operação no meio ambiente que é além de uma responsabilidade, um elemento-chave na realização do nosso objetivo de ser um dos grupos de companhias aéreas mais admirados do mundo”, diz Andrés Bianchi, VP Negócio Carga LATAM.

“Esta Recertificação foi o resultado do trabalho realizado  em equipe das diferentes áreas com processos chave na gestão ambiental, bem como o envolvimento e participação dos colaboradores locais nos esforços para reciclar, reutilizar e reduzir o consumo”, conclui Francisco Arana, Gerente Sênior de Operações de Voo.

Atividades incluídas no sistema de gestão ambiental:

  • Armazenagem e eliminação de resíduos perigosos
  • Reutilização de insumos relacionados com a operação
  • Reciclagem de papel, cartão, eletrônicos pequenos, luminárias e baterias, entre outros
  • Conservação de energia, água e combustíveis
  • Preparação e resposta a emergências ambientais
  • Comunicação e formação do sistema de gestão ambiental