foto chicago liviana
foto chicago liviana

LATAM CARGO FAZ O SEU PRIMEIRO VOO DE E PARA CHICAGO

LATAM Cargo, líder no transporte de carga aérea de, para e entre a América Latina adicionou um novo destino à sua rede. Está é a rota direta que, a partir do dia 20 de fevereiro, liga Chicago – Campinas (Brasil) reduzindo o tempo de trânsito para menos de 17 horas, e que também conecta com Buenos Aires (Argentina) e Santiago (Chile). Antes da implementação desta rota, apenas o trajeto entre Chicago e Miami demorava mais de 48 horas.

Chicago é a primeira rota inaugurada pela empresa de carga em 2019, e com isso aumenta seu alcance para mais de 30 destinos operados com o Boeing 767-300F com capacidade para transportar 50 toneladas. Além disso, ao considerar o transporte de carga em voos de carga e de passageiros, Chicago torna-se a sétima porta de entrada e saída para os Estados Unidos, juntando-se a Miami, Orlando, Nova Iorque, Boston, Los Angeles e Huntsville. Com relação a conectividade entre Estados Unidos e América Latina, a empresa possui mais de 34 rotas, e globalmente, a rede de transporte de carga cobre mais de 140 destinos e está constantemente avaliando novas aberturas.

Com duas frequências semanais, às quartas e domingos, a rota Chicago – Campinas terá capacidade para movimentar 100 toneladas por semana, transportando diferentes tipos de carga que demandam destinos na América Latina em períodos limitados.

“A rota Chicago – Campinas nos permite oferecer um serviço Premium, diminuindo o tempo de trânsito entre as duas cidades, passando de mais de dois dias para menos de 17 horas. Além disso, devido à localização estratégica de Chicago, fornecemos uma melhor conectividade com a Ásia”, comentou Gabriel Oliva, Diretor Comercial para a América do Norte, Europa e Ásia.

 Essa rota tem despertado um grande interesse pelos clientes para transportar diferentes tipos de cargas com os serviços e cuidados oferecidos pelo extenso portfólio da LATAM Cargo. “Muitos setores serão beneficiados por essa nova rota, o que é confirmado pelo interesse do mercado em fazer parte deste novo destino. Nossos clientes confiam em nós pela nossa experiência e compromisso com a entrega de um serviço que atenda aos mais altos padrões, salvaguardando sempre a qualidade da sua carga”, afirmou Gabriel Oliva.

Este destino adquire um valor especial considerando que para a companhia o transporte de produtos farmacêuticos vem apresentando um aumento durante os últimos 3 anos, atingindo em tal período um crescimento de 52%. “O transporte de carga delicada, como é o caso dos produtos farmacêuticos, requer um cuidado especial. E é por isso, que temos um armazenamento a frio com duas faixas de temperatura para proteger a qualidade, e serão expansíveis se necessário”, acrescentou Oliva.  Especificamente, serão oferecidas faixas de temperatura entre 2 a 8ºC e entre 15 e 25ºC, em um total de 5.000mt2 de espaço com uma temperatura controlada.

Esta rota também transportará outro tipo de carga seca sob os diferentes serviços e cuidados que oferece o extenso portfólio da LATAM Cargo.

Santiago – Chicago

Um dia antes, 19 de fevereiro, a LATAM Cargo inaugurou a rota direta Santiago – Chicago, que inclui duas frequências semanais, nas terças e sábados.

Um dos principais setores que serão beneficiados com esta rota será a indústria da aquicultura, e em particular, o transporte de salmão, pois será possível fornecer um serviço mais ágil com uma redução relevante nos tempos de trânsito (inferior a 35 horas até a Ásia), melhorando com isso o processo de controle de temperaturas e redução da exposição da carga.

“Chicago é uma porta de entrada fundamental para os Estados Unidos e um ponto de conexão ideal para os mercados asiáticos. Nossa nova rota de e para essa cidade nos permite oferecer para os nossos clientes acesso aos principais destinos e reduzir o tempo de trânsito. Como a companhia aérea líder da América do Sul, o nosso compromisso é melhorar a conectividade entre a nossa região e o mundo, oferecendo aos nossos clientes mais alternativas para alcançar os seus objetivos”, falou Andrés Bianchi, CEO LATAM Cargo.

Chile é o principal exportador de salmão da região, e que vem apresentando uma crescente demanda em relação ao mercado asiático nos últimos anos. Enquanto que no ano de 2014, em média, eram transportadas 37 toneladas semanais entre os dois mercados, durante o ano de 2018, foram transportadas, em média, 700 toneladas semanais.

“Temos o prazer de dar as boas-vindas para o nosso novo parceiro, a O’Hare e queremos agradecê-lo por escolher a cidade de Chicago para expandir as suas operações, ” disse Jamie L. Rhee, Comissário, CDA. “Cada novo voo que chega ou que sai de O’Hare aumenta nossa liderança em conectividade, dando emprego e maiores oportunidades para os habitantes da nossa cidade e impulsionando o desenvolvimento econômico. Nosso investimento permanente em nossas modernas instalações de carga reflete o nosso compromisso de facilitar o acesso para que as empresas de todo o mundo possam transportar bens para e de Chicago através do aeroporto O’Hare”.

 

autoridades CEO Carga y Chicago

Andres Bianchi, CEO LATAM Cargo
Susan Kurland, Deputy Commissioner – Air Service Development, Chicago Department of Aviation