feria boston 2
feria boston 2

LATAM Cargo viaja a Boston para se apresentar em fórum sobre transporte de produtos farmacêuticos

Os avanços no setor de saúde e a rápida evolução da cadeia de frio associada a ela desafiam os atores que participam no transporte desses produtos a manterem-se atualizados e adaptar de forma constante os processos para garantir a qualidade dos embarques.

No contexto de constante progresso foi realizado o 14th Annual Cold Chain GDP & Temperature Management Logistics Global Forum, um dos maiores encontros sobre cadeia de refrigeração e transporte de produtos farmacêuticos. Realizado na cidade de Boston, Estados Unidos, contou com cerca de 100 expositores, entre eles LATAM Cargo, com a participação de mais de 850 pessoas.

Representando a LATAM Cargo, Cristina Oñate, Gerente Sênior de Marketing e Desenvolvimento de Produto expôs os principais desafios ao transportar produtos farmacêuticos na América Latina, além de apresentar algumas estratégias de atenuação e soluções para o transporte de alto custo desses produtos na região. O tema foi muito bem recebido pelo público dado o crescimento das importações de produtos farmacêuticos e de ensaios clínicos na América Latina nos últimos anos.

Esse encontro é um dos mais importantes em matéria de logística e cadeia de frio. É uma boa chance para acompanhar as últimas tendências do setor e se reunir com clientes e fornecedores para colaborar nas discussões quanto ao transporte de produtos farmacêuticos. Nesse sentido, a LATAM Cargo a tem muito a contribuir porque é um dos principais atores no mercado latino-americano”, garante Cristina Oñate, Gerente sênior de Marketing e Desenvolvimento de Produtos.

Transporte de fármacos na LATAM Cargo

A LATAM Cargo transporta medicamentos desde o início de sua operação, o que lhe permitiu obter experiência no setor. A empresa possui um produto especial para o transporte de produtos farmacêuticos, o PHARMA, que passou por melhorias substanciais nos últimos anos. Isso possibilitou aos clientes contar com duas opções: o PHARMA Passive, serviço especializado para o transporte de medicamentos que já têm embalagem e cuja temperatura deve ser mantida em diversas faixas; e o PHARMA Active, que serve para o transporte de medicamentos extremamente sensíveis às mudanças de temperatura, transportados em recipientes que permitem um controle ativo.

image3