IMG-20170509-WA0002
IMG-20170509-WA0002

LATAM Cargo viaja a Munique para participar da Air Cargo Europe

Mais de 60 mil pessoas se reuniram entre 9 e 12 de maio em Munique para participar da Air Cargo Europe, a maior feira internacional de cargas áreas, logística e cadeia de abastecimento, realizada na Europa. Em sua 8ª edição, reuniu mais de 2.100 expositores de 62 países, que apresentaram seus produtos e serviços aos visitantes dos setores de cargas e logística.

Na ocasião, a LATAM Cargo recebeu das mãos de Glyn Hughes, Chefe Mundial de Cargas da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA), a certificação CEIV PHARMA, que homologa a qualidade e os processos da companha aérea no momento de transportar produtos farmacêuticos. “Ter conseguido essa certificação é um marco na melhoria contínua do nosso produto PHARMA e, ao mesmo tempo, para toda a nossa carteira de produtos. Na Europa, iniciamos a implementação do PHARMA há mais de dois anos e, desde então, nos concentramos em ampliá-lo a diferentes estações de origem. Essa certificação confirma nosso trabalho profissional e nos incentiva a continuar com a mesma dedicação à expansão deste produto da Europa à América do Sul”, garantiu Guido Henke, diretor da LATAM Cargo Europa.

Certificacin CEIV Munich

Além de destacar seu produto PHARMA, a LATAM Cargo chegou à Air Cargo News com ótimas notícias para seus clientes. Uma delas foi a habilitação do produto nas rotas que já operava todos os dias de Barcelona e Milão para Guarulhos, um dos destinos mais procurados pelo mercado europeu. Essas rotas se somam a Frankfurt, Amsterdã e Bruxelas. Além disso, com o objetivo de continuar melhorando as alternativas para os clientes que transportam PHARMA da Europa para a América Latina, a LATAM Cargo lançou uma nova rota algumas semanas atrás. Duas vezes por mês, um avião cargueiro B777F opera de Amsterdã em direção a Brasília.

A feira contou também com a participação de países como Alemanha, Holanda, Itália, Bélgica, França, Áustria, Espanha, Inglaterra, República Tcheca, Polônia e China, entre outros.